domingo, 17 de novembro de 2013

Resumo do livro Diários do Vampiro – O Retorno: Meia Noite.

       O sétimo livro da série começa com Damon Salvatore humano depois que cheirou um buquê que Stefan conseguira de um kitsune na prisão do mundo das trevas. Arruinando a chance de Stefan realizar seu maior desejo, ser humano. Inconformado em voltar a tornar-se humano novamente, Damon usara uma esfera estelar para retornar ao mundo inferior e conseguir um sangue nobre para voltar a ser vampiro. Nesse processo Bonnie caiu junto com ele dentro do portal que levava ao mundo das trevas. Damon a deixa deixa trancada dentro de um quarto de pensão com 28 esferas estelares, que só tinha imagens e histórias, e sai em busca de uma princesa vampira que lhe dê sangue para se tornar um vampiro mais poderoso que antes. E ele encontra-a.
        Enquanto isso na casa da srta. Flowers, Meredith, Elena, Matt e Stefan estavam preocupados com Bonnie. Stefan anida estava muito fraco, mesmo alimentando-se de sangue humano a vários dias. Ele também se alimentava do sangue de Elena que era mais poderoso, mas tudo em pequenas doses. Até que um dia fora obrigado a alimentar-se decentemente, foi quando descobriu o segredo de Meredith. Ela fazia parte de uma família de caçadores de vampiros não ativa.
        Damon tentara fazer com que princesa o morde-se e conseguira com sua lábia de conquistador barato.
        Bonnie e Elena tivera uma experiência fora do corpo, juntas encontraram Alaric Saltzman que estava numa ilha chamada Unnei no Shima: ilha da danação. O local também fora alvo de dos kitsune ( no singular porque é uma expressão japonesa), agora só passava de ruínas antigas. Crianças possuídas e pessoas se mutilando alastrou-se por todo o vilarejo. Houve uma espécie de guerra civil entre crianças e adultos, (a chamada meia-noite), de acordo com a Dra. Célia Connor. Exatamente o que começara acontecer em Fell's Church. Elas só precisavam fazer com que Alaric visse uma mensagem que Elena deixara dizendo para mandar as fotos que tirara no local a Meredith. Ele viu e intrigou-se com o que vira.
        Elena percebera que Meredith ainda estava pálida, depois de uma longa doação de sangue a Stefan. Ela contou aos demais do pensionato da experiência fora do corpo e que encontrara Bonnie. Imaginavam-se quanto tempo tinham até a cidade se transformar em ruínas. Todos estavam reunidos na sala de estar em um silêncio mortal, quando Meredith contara sobre o bastam que carregara que pertencia a seu avô, sobre seu segredo de família que descobrira recentemente. Seus ancestrais eram chamados de caçadores matadores de vampiros, menos seus pais que desistiram. Elena perguntara se teria matado Stefan e respondera que não, ele seria uma ameaça, mas Damon... Caroline engravidara de Tyler Smallwood, o lobisomem, ela acusara Matt de ter abusado-a. Ela só completará a transformação quando tiver seus gêmeos, desde então já começara a se transformar. Sendo assim Meredith tem risco de ter um irmão gêmeo por ai.
        Damon quase esquecera Bonnie, mas ela em pleno desespero para sair daquele quartinho que mais parecia uma gaiola escapa e é captura como escrava foragida e dá de cara com shinichi depois que contara uma história que vira num dos globos. Pensara ser mais uma conto com o nome de: O Portão dos Sete Tesouros dos Kitsune. Que falava sobre a localização sobre dos portais. Dizia:
Numa planície de neve e gelo
O paraíso kitsune repousa.
E junto dali, o prazer proibido:
Seis portões para outros tesouros.”
Shinichi continuava a pressionar Bonnie a fim de saber onde vira a história.
        Meredith e Matt pensavam na falta que Bonnie fazia, no lugar em que preenchia. Meredith recebera o e-mail com as fotos que Alaric tirara da ilha. Stefan e Elena foram cobrir as janelas do porão com tabuas, mas isso não era o suficiente para distrair a mente dela das preocupações com Stefan, Bonnie... logo depois distraíram-se um com outro, trocaram sangue e sincronizaram suas mentes no auge alguém bate na porta.
        Matt saiu de manhã e passou pela cidade e fora para casa, no caminho encontrara uma cena de destruição dessas vista na TV. Perto de casa com sua lata-velha ao máximo sentira algo ruim, vira duas crianças atrás da lixeira em posições estranhas devorando algo que mexia-se tentando se libertar. Matt estava cercado de crianças de olhos negros algumas sujas de sangue, elas andavam se arrastavam, ele agarrara uma e colocou um post-it e o cerco estava fechando-se a sua volta. Matt pegara o saco que a criança estava comendo e não acreditou no vira era um bebê. Ao pôr um adesivo na criança a mesma falou que fora obrigada. Em seguida vira uma carro sendo cercado e saiu de casa no intuito de ajudar, mas eram policias a paisana e ele fora elevado sob crime de abuso contra Caroline Forbes.
        Enquanto isso Bonnie estava com shinichi correndo risco iminente de morte. Misao chegou pálida e trêmula, perguntara novamente tudo o que Bonnie sabia sobre a lenda, obtendo as mesmas respostas que seu irmão shinichi que esbofeteou-a até sair sangue do nariz. Misao insistia veemente em perguntar pela sua esfera e Bonnie dizia sempre o mesmo: que quando tentara puxar Damon para fora do portal caíram e que a esfera derramara todo seu liquido no chão. Num blefe depois vira a ira de shinichi, que ordenou que jogassem-na pela janela. Ela sentia sua morte e o vento forte da janela de um prédio muito alto, quando uma voz dizendo: “achava mesmo que iria ir sem um interrogatório completo?” era shinichi. Bonnie entrara no estado de torpor por saber que estava longe de seu fim, mas eis que de repente surgi Damon por trás dela. Já havia perdido a esperança. O kitsune encarava-o como tivesse sido golpeado quando fora ameaçado, ele e os outros. A seguir Damon resgatara Bonnie da janela rapidamente. Depois de ela voltar a si, a primeira coisa que disse foi: “guardiãs”. Passado o susto houve um breve beijo. No momento seguinte perguntara-o se recordaria de três coisas: uma estragara a morte de mártir dela; dois largara numa hospedaria de quinta; três supunha que nenhuma esfera fora roubada, logo não se pode roubar o que não existe. No quarto item Damon a interrompera, mas insistira e enviou por telepatia dizendo que sabia o caminho dos sete tesouros kitsune e uma esfera estelar gigante.
        Meredith estava com seus pais tentando entender o que havia de errado . Examinara as fotos que Alaric enviou. Depois foi até as Saitou pegar mais amuletos (post-it), Isobel oferecera-se para revisar as fotos da ilha. Desconfiou do porque Isobel ofegava tanto e lembrara que sofrera de palpitações. Marcara todos os símbolos das fotos e saiu correndo. Meredith começara a ligar as pontas Saitou nunca perguntara sobre Bonnie e Matt. Voltando a casa dos pais encontrara a rua vazia. Com o bastão na mão deparou-se uma cena trágica, o pai paralisado e a mãe aos prantos, Meredith sempre seca indagou se eles iriam contar o que de fato aconteceu com ela e seu avô. O pai começou a contar e foi interrompido ela sabia que não tinha sido o avô, mas sim um vampiro chamado Klaus. Deduzira até então, mas o que sucedera de fato foi: que ela estava bebendo o sangue do seu irmão que fora levado por Klaus. Ela refletira sobre a descoberta e perguntou ao pai se vira seu o irmão novamente e o ar de incredulidade golpeou-a ao ver os arquivos de uma caixa. Fora correndo a pensão da sra. Flowers contar as novidades a seu respeito.
        Matt estava na sala do júri decidido a enfrentar o que viesse. Tentaram fazer insinuações a ponto dele confessar o que não fez e fora levado ao tribunal vazio, exceto por Caroline seus advogados e do juiz. O julgamento foi cheio de protestos Caroline insistia na mesma história até cair em algumas contradições. Stefan, Elena e os demais que chegaram, Saber uivou e Caroline começou sua transformação em lobo cinza. Explicaram que Saber fora treinado e era inofensivo. Matt fora inocentado não havia como continuar o julgamento.
Stefan e Elena discutiam sobre a dieta dele e como ela planejava.

        Shinichi transformou-se em Stefan para poder entrar na pensão, sem sucesso logo Misao tentara o mesmo. Shinichi foi trancado no porão de raízes e depois a irmão dele. Elena e Meredith roubaram as chaves mestras dos kitsune. A pensão da Sra. Flowers foi infestada por malach. Sra. Flowers,Matt e Meredith usaram a chave para ir a casa de Matt. Stefan e Elena fizeram o seguinte pedido a chave “que os levassem onde estivesse Bonnie McCullough”, e foram parar no local exato onde a amiga estava, na casa de Lady Ulma. Stefan encontra o irmão descobre que voltou a ser vampiro e que planejava uma viagem rumo aos tesouros kitsune. Elena avistara Damon e fora na direção dele tão furiosa que, Bonnie e Stefan pasmos com tal reação. Damon um belo tapa na cara mas antes que ele desse o bote Stefan tirou Elena da reta. Lady Ulma cumprimentara os hospedes, contou sobre os acontecimentos depois que eles foram embora. Elena explicara como chegara ali, com as chaves kitsune. Em seguida Bonnie contou a Stefan como conhecera a lenda kitsune. Falaram com Lady Ulma e partiram no dia seguinte montados nos thurgs.
        Nos primeiros dias tudo era monótomo. A situação de Elena com Damon era cada vez mais cada vez mais tensa. Tentara conversar para equilibrar quando Bonnie apareceu em transe dizendo “a última meia-noite está chegando”, “esta noite finalmente as crianças finalmente estão prontas”, e desmaiara e Damon a segurou. A nevoa densa não deixava nenhum poder paranormal funcionar direito. Sem Elena perceber Damon abraçou-a e começou a falar da época em que os dois estiveram naquela dimensão. Ela o alerta que seu namorado estava dentro da carruagem, mas ele veio com desculpa que quando passasse a meia-noite seria tarde para dizer os seus sentimentos para com ela e depois a beijou. Elena só conseguiu sair de seus braços quando um nome surgira na sua mente “Stefan”.
        Damon a tinha novamente em seus braços mas, desta vez era suave como os beijos que ela consentira e acabara rendendo-se a eles. Dentro da carruagem tudo estava normal, nenhuma sombra de dúvida que Stefan não lera os pensamentos de dela, não por estar ocupado cuidando da de Bonnie mas, porque na opinião de Elena ele era um cavalheiro.
        A paisagem enfim mudara começaram a ver o lago prateado da morte também conhecido como lago de espelho. Chegaram lá o lago era congelado e instável. Deixaram Bonnie decidir qual lado pisar no gelo já que só ela conhecia a história. Todos fizeram suas mochilas com casacos e comida houvesse problema com os thurgs. A travessia prosseguia normalmente mas lenta até que, Elena ouviu o som que mais temia o gelo rachando. Bonnie conseguira atravessar o lago enquanto Elena voltava aos thurgs. Tentara montar mas errara, caíra na calda que a levou para dentro da água congelante e ferindo sua coxa. Finalmente conseguira montar, a questão era se manter aquecida aumentando assim a rixa dois irmãos Salvatore.
        Já era o dia da última meia-noite em Fell's Church.
        Enquanto isso em no mundo das trevas, depois de descansarem um pouco e continuaram na estrada nevoenta. Passara um tempo depararam-se com uma ponte entre um abismo. Bonnie surtara quando vira a altura e as condições da ponte, Elena reprimira um gritinho de “nem eu!”. Stefan influenciara Bonnie para conseguir atravessar, fora a primeira a começar indicando quais ripas eram seguras. Elena quase desmaiara mas, foi amparada por Damon e Stefan, e logo continuaram a atravessar. Assim que chegaram do outro lado da ponte avistaram uma caverna. Ela não aguentava mais as pecuinhas dos Salvatore, e de Bonnie sempre defendendo Damon em tudo. Mais tarde na caverna Damon mordera Elena que tinha esperanças de ver o menino que vivia dentro dele mas sua mente era uma muralha de aço.
        Matt e Meredith ficaram da madrugada ao amanhecer despejando gotículas da esfera estelar de Misao nas ruas da cidade, crendo que ajudaria em algo, e recolheram mais de trinta crianças normais mortas de medo. Meredith começara a perceber de que Inari e Obaasan fossem a mesma pessoa.
       Stefan e os outros finalmente encontraram o portão dos sete tesouro, passaram e Bonnie logo vira Sage. Ele acompanhara as aventuras deles como guardião do portal. Sage fora designado para lá como punição por seu pai. Mostrara cada portão antes de que fizessem a escolha. E elegeram o último portão que era um planeta com uma forma de vida, a grande árvore, envolvia tudo menos os lagos. Sage dera as orientações de seguir sempre a nordeste e que outros já tentaram e se serviram de nutrientes para a grande árvore.
        Meredith reunira as crianças para coletar mais informações, principalmente, se alguém ainda tinha um celular com internet e bateria, um gerador elétrico, e soube que o kitsune mandara se desfazerem dos eletrônicos. De repente a Sra. Flowers aponta para a bolsa falando que tem um gerador. Desesperada Meredith sentia falta de seu equilíbrio emocional de antes. Quando vai falar com a Sra. Flowers que a pensão fora destruída a velha oferece seu BlackBerry, Meredith pega e imediatamente pesquisa por “Orime” e “Inari”, descobriu que que os kitsune eram comandados por Inari. Vira uma imagem de dois kitsune com as patas dianteiras numa esfera estelar. Sua mente foi de encontro ao dia em que quebrara a perna esquiando, fora de encontro a árvore ao invés de desviar. Sentira mesma sensação do acidente. Recordou de cada detalhe que era para ter soado antes como alarme: da descrição de Isobel feita por Bonnie; da localização estranha do quarto de Isobel, pensara que as forças malignas se deslocavam para cima por isso não dera importância. A primeira vez que ouvira a palavra “kitsune” fora de Obaasan. Lembrara de quando Isobel reescrevera os amuletos alegando que sua avó estava quase cega. Segundo Sra. Flowers, Inari Obaasan não tinha parentesco nenhum com as Saitou. Ela as mantêm como reféns, obrigando-as a continuar a farsa.
        Elena e os demais andavam sem saber o que de fato procurar. Com uma falsa sensação de menor gravidade a meia luz e com raízes gigantescas. Deparavam-se com um imenso planeta e duas luas. Shinichi surgira entre eles dizendo que teria Elena de qualquer forma. Ela pergunta se ele não tinha que estar fazendo os preparativos para última meia-noite, e percebera que havia algo mais além dos kitsune. Misao se fundiu com shinichi sem muito êxito, iria pôr misao dentro da sua própria esfera estelar e a esconderia bem. Shinichi instigara Elena a sair da sua fingida tranquilidade até citar partes comprometedoras do seu diário. Aludiu sobre reino de Camelot e seu triângulo amoroso: rei Arthur, Guinevere e Lancelot. Na opinião dela amar era partilhar. Os Salvatore tiveram um dejavu. Shinichi continuou a destilar seu veneno sem dar tempo para ela explicar a citação em seu diário. O kitsune tentou atacar Bonnie, mas sua amiga o atingira no pé. Shinichi agarrara Bonnie e ela se ligou a ele, portanto, toda dor que o kitsune provocasse nela ambos sentiriam. Elena tentara mais um golpe em Shinichi, mas Stefan a deteve.
Duas caldas fantasmas foram cortadas do kitsune que gemera de fúria graças a Stefan. Damon decepou os pulsos de Shinichi, enquanto Stefan cortara outras caldas fantasmas. A cabeça do kitsune estava em chamas como um halo diabólico. Enquanto isso Elena cuidava de Bonnie, e pensava na cena que via: dois vampiros em sincronia, um sério, outro irônico. Ela percebera que eles já estavam entrando no modo 'ripper', e tirara eles da batalha com o kitsune derrotado. Mesmo que Shinichi morresse a cidade e nem as crianças seriam salvas, eles eram pequenas peças neste jogo. Shinichi não queria mais seguir as ordens de Inari. Depois que pronunciara estas palavras fora morto por algo tremendamente veloz. Todos se entreolharam perguntando-se o que aconteceu. Lembraram que Meredith dissera que os kitsune poderiam morrer pelo “pecado do remorso”. A seguir viram um brilho na escuridão Elena supôs que fosse a maior esfera estelar.
        A Sra. Flowers, seguia no carro junto carro junto com Matt e Meredith, não importava que fosse a sua última luta, já estava preparada. Chegaram na casa das Saitou, viram um pessoa de cabelos pretos e vermelho nas pontas, Inari. Olhava com desdém a transformação da Sra. Flowers em Theophilia “Theo”, uma linda jovem. Theo indagara porque ela não destruíra a cidade antes e se Katherine, Klaus, e Tyler, seguiram suas ordens. Inari só controlava os kitsune com os poderes de deidade que tinha. A sua esfera estelar era a maior dos mundos. Theo começara a dizer umas verdades há muito entaladas a Inari. Dissera que Inari tinha inveja da juventude (porque já era uma velha acabada e concentrara todo seu poder para voltar a ser jovem e poder comandar o evento. Assim esperava). Matt e Meredith olharam a casa pegando fogo com a Orime e Isobel. Meredith entrara na casa em chamas e chamara por Isobel e sua mãe. Matt resgatara orime logo na cozinha, enquanto Meredith partia em direção ao quarto de Isobel e encontrara ela amarrada e amordaçada pegou-a e saíram cambaleado de tanto inalar fumaça. Na frente da casa havia uma batalha sobrenatural acontecendo entre Theo e Inari. Theo estava a ponto de ser sufocada por Inari.
       A última meia-noite chegara.
       Inari fora morta com uma ajudinha do bastão de Meredith.
       Theo sentia as crianças nesse momento segurando armas de pé nos quartos dos pais, incapazes de lembrarem de como chegaram ali. Sentia-as perturbadas. Pressentia que algo muito além fora feito para que a profecia não se tornasse real. Voltara a ser a Sra. Flowers novamente.
        Enquanto isso no mundo das trevas, avistaram a maior esfera estelar que era tinha o tamanho de uma bola de praia. Agora só teriam que voltar ao portão, pelos era assim que pensavam. Só não contavam que a esfera estava sendo usada, enviando poder a seu dono, irradiando uma luz tão intensa que os cegavam. Bonnie teve a ideia de escalar o tronco da grande árvore até onde a esfera estelar estava e derrubá-la. Bonnie caíra, mas foi pega e arremessada por sombras. Damon fora estaqueado bem no coração pela árvore. Elena, negando-se a acreditar no que via pegou o machado e cortara o galho que mais parecia uma perna de aranha. Stefan já dava seu irmão como morto. Até que Elena ouvira Damon por telepatia ira profundando cada vez mais na medida que enfraquecia. Quando chegara no fundo de sua alma encontrara o menino que habitava seu íntimo e acalmando-o. A criança deixou um recado para cada um. Elena num ato de insanidade evoca o poder das “Asas da Destruição”. O tronco da grande árvore explodiu e a esfera estelar fora pulverizada. Ela jurara ficar até o seu último instante, não demorou muito a cabeça da criança pendera. Elena perdera muito sangue no corte que fez no pescoço tentando salvar Damon. Perdera a consciência quando voltou a si, já estava no portão do paraíso kitsune. Ainda recuperando os sentidos perguntara se era uma vampira, estava quase, por causa da grande quantidade de sangue que recebera de Stefan e Sage. Quis saber de Damon. A influência que Stefan e pusera nela não adiantou. Ela lembrara dos últimos momentos de Damon. Sage explodiu em ver todos se lamentando com cara de enterro e dizia ainda poderiam reparar os danos em Fell's Church.
        Saíram do Portal do Paraíso planejando como chamar a atenção das guardiãs, já que elas não podiam ma fortaleza de Sage, estariam esperando do lado de fora. Elena tinha seus próprios planos para corte celestial. Com as mochilas cheias de La Fontaine e outros tesouros abriram o portão, e deram de cara com as guardiãs que os levaram à corte celestial acusando de roubarem itens ilegais. Assim que os tesouros foram analisados, Stefan e os demais aproximaram-se das juízas. Uma mulher que estava por perto falara que isso era muito raro de acontecer, que ficassem submissos poderiam o pedido realizado. As guardiãs aceitaram reconstruir a cidade e devolver as vítimas dos malach, sob uma condição: Elena tornar-se guardiã. Explicara que não era a primeira vez que a vira, primeira foi quando Elena estava no carro com seus pais. Foram elas que provocaram o acidente, mas era para ter só uma vítima, Elena.
        Finalmente foi desvendado o enigma estranho que shinichi deixara “que um de nós tinha assassinado, e que não tinha nada a ver com ser vampiro ou morte piedosa...” tratava-se de Elena, do acidente que sofrera com os pais. Enchera-se de ira, agonia, perplexidade. Stefan assentiu para ela num gesto de “estou aqui para o que for”. Sage interrompera por telepatia dizendo que era impossível lutar, mas ela poderia exigir qualquer coisa. Então começou exigindo sua antiga vida de colegial de antes, como se o que vivera ultimamente fosse um pesadelo. Que quando acordasse estaria no seu quarto na casa de tia Judith. Além de querer que todos os trabalhos dos kitsune e klaus estivessem desfeitos e esquecidos. Queria todas as pessoas as de sua antiga vida, menos o Sr. Tanner, assim explicaria a vinda de Alaric Saltzman na escola. As guardiãs assentiram concordando. Foi quando pedira que trouxessem Damon de volta uma das guardiãs disse que era impossível por ele ser um vampiro. Só poderiam devolver a vida a seres comuns, humanos em geral, criaturas sobrenaturais e vampiros estavam além de seu alcance. No caso de Elena quando morrera vampira sua alma vagou pelo limbo espiritual porque seres superiores tinham planos para a tornar guardiã.
Soube que Obaasan era na verdade Inari e que controlava os kitsune, estava morta pelo esforço de seus amigos em Fell's Church, e pela destruição da esfera estelar.
        Elena inconformada com as guardiãs por não tentarem ressuscitar Damon, tentou evocar as “Asas da Destruição”, mas fora impedida por uma das guardiãs antes que o salão explodisse. O seres superiores nunca haviam visto nada tão mortal e queriam cortá-las imediatamente. O primeiro par de asas a serem cortados foram as “Asas da Redenção”, em seguida as “Asas da Purificação”, “Asas das Lembranças”, “Asas da Proteção”, e “Asas da destruição”. Depois de Elena não oferecer mais perigo, elas queriam seu sangue com desculpa de “Purificá-lo”. Ela quase fora drenada. Stefan pegou-a e com uma expressão feroz no rosto dirigida as guardiãs.
Ela começara a ouvir um sussurro bem distante por telepatia checou se era Bonnie ou Stefan, mas não era.
        Elena acordara em sua casa, no meio da noite e encontrara Stefan do lado de fora da janela. Conversa vai, conversa vem, ela pega um vidrinho que continha água da fonte da juventude, mas Stefan a impede de abrir. A memória de Damon nunca será esquecida por quem realmente o conheceu. Stefan e Elena recordavam os momentos que passaram com Damon, e ela dormira nos braços de Stefan horas depois da meia-noite.
        No mundo das trevas caía uma fina cinza. Bloqueando a luz solar, era como uma meia-noite eterna. Havia um corpo no chão: sem pulso, sem respiração, e atividade cerebral. Fora criando vida nas gotículas de de poder que caíam. O ser era composto de lembranças de uma garota de olhos azul escuros e outra de olhos castanhos. Elena e Bonnie.
        Algo se agitou no cérebro do ser, uma auto revelação. Um nome. Damon.


Obs:Pela obra ser extremamente repleta de detalhes não deu para fazer os resumos igual aos outros da série já postado anteriormente. (isso é minha opinião).
Qualquer coisa consulte o livro e pesquise um pouco de mitologia japonesa, fundamental para entender a história em si.

Poderá gostar também de: Resumo do Livro: FALLEN - Lauren Kate

2 comentários:

  1. Por favor me diga que o Damon não vai morrer!!!! Sério se ele morrer vou morrer junto com ele, doidooooo ele não pode morrer!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkk... Ninguém nunca de fato nesta série! Sempre inventam uma maneira de ressuscitar alguém!

      Excluir

Ola pessoal, espero por suas opniões.
comentem!