domingo, 2 de novembro de 2014

Livro: PERDIDO EM MARTE - ANDY WEIR.

Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho.
Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente.
Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate.
Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico – e um senso de humor inabalável –, ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência.
Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá.
Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor.

sábado, 25 de outubro de 2014

LIVRO: ADEUS, FACEBOOK de JACK LONDON.

Parar e pensar sobre como as novas tecnologias transformarão o mundo parece algo impossível de se fazer. Sempre preocupadas em atualizar o status online, cada vez mais as pessoas têm menos tempo livre. Além disso, a natureza volátil das redes sociais permite que tudo nessas plataformas possa mudar de um dia para o outro. Este novo cenário já alterou a forma de empreender tanto no Brasil quanto no mundo. O escritor Jack London vem acompanhando de perto todos esses processos em sua coluna sobre empreendedorismo na revista 'Pequenas Empresas, Grandes Negócios' e agora podemos traçar com detalhes o panorama da nossa sociedade - digital, imprevisível e mutante.

domingo, 19 de outubro de 2014

CINE PIPOCA 5.

O post da vez traz dicas de filmes como: Mazer Runner - correr ou morrer, que está em cartaz, Drácula - a história nunca contada estreia dia 23/10. Como o filme Interestelar que estreia dia 6/11, com elenco: Matthew McConaughey, Anne Hathaway e Jessica Chastain.









segunda-feira, 13 de outubro de 2014

SHOW COMPLETO DE LINKIN PARK EM ROCK AM RING 2014.

Uma das bandas mias técnicas do mundo em uma das suas melhores performances! Os caras repaginaram todinho. Misturaram rock, rap hip-hop com eletrônica a playlist deles ficou impressionante. Eu sou suspeita para falar, mas com a volta as raízes, no estilo live in texas (um dos primeiros trabalhos), gravaram o novo cd como banda independente.







sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Livro: Trágico e Cômico - Os Protestos em Charges de Diogo Salles.

 As manifestações de 2013 sacudiram o Brasil em todos os sentidos. Cientistas políticos perderam o rumo, políticos perderam o chão e muita gente perdeu a cabeça.
A despeito de algumas vozes antidemocráticas, quem esteve na rua percebeu que a voz da maioria trazia um sentimento em comum: o da insatisfação. Mas não uma insatisfação canalizada em uma pessoa, partido ou governo, e sim no estado das coisas e na mentalidade atrasada da classe política. Os estádios de primeiro mundo e os serviços públicos de terceiro mundo foram os dois ingredientes que, combinados, entraram em combustão.
É em meio a esse contexto que Diogo Salles apresenta o melhor de seus cinco anos de trabalho como chargista do Jornal da Tarde. Se todas as demandas das ruas não cabiam em um único cartaz, a maior parte delas coube neste livro.
 

Trágico e Cômico é leitura recomendada a quem quer conhecer melhor os intestinos de nossa política, questionar nossa sociedade e entender o Brasil de uma forma crítica, sem perder o humor.
Resenha:
É um livro que faz pensar. O autor é astuto e questionador, tenta colocar tudo e todos em xeque. O objetivo dele, claramente, não é te convencer, mas abrir a sua mente, te deixar esperto. Ele tenta mostrar que temos de ser desconfiados, pois não existem boas ações no Brasil. Tudo tem um motivo e um propósito, normalmente macabro, até mesmo os protestos.




sábado, 4 de outubro de 2014

Trailer do Filme Blackhat com Chris Hemsworth.

Blackhat (ex-Cyber), o novo filme do cineasta Michael Mann, estrelado por Chris Hemsworth, ganhou o seu primeiro trailer. A fotografia digital que já virou marca dos longas recentes de Mann é um dos destaques.
A trama, que Mann escreveu com Morgan David Foehl, lida com segurança cibernética e envolve um hacker dos Balcãs que opera em um país asiático e está sendo perseguido por forças aliadas dos EUA e da China. Viola Davis também estrela o longa.
Legendary Pictures produz Blackhat, que estreia em 16 de janeiro nos EUA e aqui no Brasil só em fevereiro. 


terça-feira, 30 de setembro de 2014

Livro: O Começo de Tudo: livro 1 - George R. R. Martin.

15 de setembro de 1945. Neste livro, você testemunhará um dos maiores acontecimentos que história da humanidade já presenciou. As cortinas da Segunda Guerra Mundial acabaram de se fechar e outro conflito já se instala: não estamos falando de lutas de capa e espada, mas sim de poderes extraordinários e deformidades sem tamanho. 
Ao fim da Segunda Guerra Mundial, a Terra é salva por pouco de um meteoro alienígena. Porém, o vírus que a bomba espacial carrega cai em Nova York e, gradativamente, espalha-se pelo mundo, contaminando parte da população e dotando parte dos sobreviventes com poderes especiais. Alguns foram chamados de ases, pois receberam habilidades mentais e físicas, alguns foram amaldiçoados com alguma deficiência bizarra e, por isso, batizados de coringas. Parte desses seres, agora especiais, usava seus poderes a serviço da humanidade, enquanto outros despertaram o pior que havia dentro de si. Série criada pelo genial George R. R. Martin a partir do jogo de RPG GURPS Supers, que desenvolveu para se distrair com seus amigos. O primeiro volume conta a história dos principais personagens que povoarão as páginas desta série de 22 títulos (editada e também escrita pelo autor de As crônicas de Gelo e Fogo).

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Livro: O Demônio do Meio-Dia - Uma Anatomia da Depressão - Andrew Solomon.

Entremeando o relato de sua própria batalha contra a doença com o depoimento de vítimas da depressão e a opinião de especialistas, Solomon desconstrói mitos, explora questões éticas e morais, descreve as medicações disponíveis, a eficácia de tratamentos alternativos e o impacto que a depressão tem nas várias populações demográficas (sejam crianças, homossexuais ou os habitantes da Groenlândia). No epílogo inédito escrito exclusivamente para a nova edição brasileira, conhecemos o que aconteceu com Solomon, com os entrevistados e com os tratamentos da depressão desde a publicação de 'O demônio do meio-dia'. A inteligência, a curiosidade e a empatia do autor nos permitem conhecer não só as doenças mentais, mas a profundidade da experiência humana.

domingo, 21 de setembro de 2014

Livro: Quem É Você, Alasca? - o Primeiro Amigo, A Primeira Garota, As Últimas Palavras - John Grenn.

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o 'Grande Talvez'. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, engraçada, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao Grande Talvez.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Trailer do Filme O Doador de Memórias.


Estreia nesta quinta 11, de setembro o filme o doador de memórias. o longa parecer tirar o público da inércia principalmente em algumas sequencias.







segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Livro: HOTEL SAVOY do autor Joseph Roth - Estação Liberdade.

Como retomar a vida após anos de guerra? essa parece ser a questão que Joseph Roth tenta responder com a trama de Hotel, romance narrado por Gabriel Dan, um judeu russo egresso de um campo de concentração na Sibéria. O título refere­se ao hotel, de localização não revelada (pode-se especular a Polônia), onde o personagem se instala em sua jornada de libertação ao fim da Primeira Guerra. O Hotel Savoy é um gigantesco abrigo a reunir os órfãos da guerra, os desterrados feridos pelos cacos do desmoronamento do Império Austro Húngaro, e os fantasmas, errantes e reais, da Revolução Russa.

Livro: NA MENTE, O VENENO da autora Andrea H. Japp - Vertigo.

A escritora francesa Andrea H. Japp estreia no Brasil com o romance policial Na mente, o veneno – Diane Silver abre a caça ao serial killer, que apresenta os questionamentos e análises da 'profiler' Diane Silver sobre os psicopatas que tem de enfrentar todos os dias. Nesse ‘thriller’, o leitor é envolvido nas tramas de um assassino em série, em meio a uma rede de manipulação. Andrea prende o leitor em uma narrativa que conta detalhadamente os conflitos de cada personagem e permite a reflexão sobre as razões que podem conduzir alguém rumo à psicopatia.

sábado, 9 de agosto de 2014

Hacker usa animal de estimação para mapear segurança de Wi-Fi dos vizinhos.



Animal foi conectado a chip capaz de rastrear sinais de WiFi e detectar seus níveis de segurança; boa parte das redes utilizava métodos inseguros.

(a esquerda: gato chamado Coco usando o colar capaz de rastrear a segurança das redes WiFi. FOTO: Reprodução/Gene Bransfield)

 Atire a primeira pedra quem nunca tentou usar o Wi-Fi do vizinho em um momento de dificuldade. O americano Gene Bransfield, entretanto, foi bem além disso: ele colocou em seu gato de estimação, Coco, um equipamento capaz de mapear os sinais de Wi-Fi dos vizinhos e perceber qual é o nível de segurança de cada um deles, com ajuda de um cartão Wi-Fi, um módulo GPS, uma bateria e um chip, construído com menos de US$ 100.
Em apenas três horas de passeio, Coco conseguiu encontrar 23 redes diferentes de Wi-Fi na vizinhança. Mais de um terço delas utilizavam o método de encriptação WEP, facilmente hackeável, ou não tinham nenhum nível de segurança.
A intenção de Bransfield, entretanto, não era simplesmente se aproveitar das redes próximas à de sua residência, mas a de perceber como a maioria das pessoas utiliza métodos de segurança pouco elaborados para proteger suas redes.
“Fiquei surpreso ao perceber quanta gente usa redes sem proteção de senha em pleno ano de 2014″, disse o hacker, que argumentou na DEF-CON (a maior feira hacker do mundo, sediada em Las Vegas) que o experimento não tinha a intenção de uma ferramenta séria para hackear a vizinhança, mas apenas uma brincadeira para testar possibilidades. “Gatos são mais divertidos que pessoas, mas podem ser úteis para conscientizar todo mundo sobre a segurança de suas redes”, comentou Bransfield em entrevista à revista Wired.

domingo, 27 de julho de 2014

Livro: Eternidade Por Um Fio - Terceiro Livro da Trilogia - O Século - Ken Follet.

Durante toda a trilogia “O Século”, Ken Follett narrou a saga de cinco famílias – americana, alemã, russa, inglesa e galesa. Agora seus personagens vivem uma das épocas mais tumultuadas da história, a enorme turbulência social, política e econômica entre as décadas de 1960 e 1980, com a luta pelos direitos civis, assassinatos, movimentos políticos de massa, a guerra do Vietnã, o Muro de Berlim, a Crise dos Mísseis de Cuba, impeachment presidencial, revolução... e rock and roll!

Na Alemanha Oriental, a professora Rebecca Hoffman descobre que durante anos foi espionada pela polícia secreta e comete um ato impulsivo que afetará sua família para o resto de suas vidas.

George Jakes, filho de um casal mestiço, abre de mão de uma brilhante carreira de advogado para trabalhar no Departamento de Justiça de Robert F. Kennedy e acaba se vendo não só no meio do turbilhão da luta pelos direitos civis, como também numa batalha pessoal.

Cameron Dewar, neto de um senador, aproveita a chance de fazer espionagem oficial e extraoficial para uma causa em que acredita, mas logo descobre que o mundo é um lugar muito mais perigoso do que havia imaginado.

Dimka Dvorkin, jovem assessor de Nikita Khruschev, torna-se um agente primordial no Kremlim, tanto para o bem quanto para o mal, à medida que os Estados Unidos e a União Soviética fazem sua corrida armamentista que deixará o mundo à beira de uma guerra nuclear.

Enquanto isso, as ações de sua irmã gêmea, Tanya, a farão partir de Moscou para Cuba, Praga Varsóvia – e para a história.

Como sempre acontece nos livros de Ken Follett, o contexto histórico é brilhantemente pesquisado, a ação é rápida, os personagens são ricos em nuances e emoção. Com a mão de um mestre, ele nos leva a um mundo que pensávamos conhecer, mas que nunca mais vai nos parecer o mesmo.

Para ver os outros livros da trilogia O Século, clique no link abaixo:
http://sramaia.blogspot.com.br/2012/10/livro-queda-dos-gigantes-e-inverno-do.html

sábado, 19 de julho de 2014

Novidades do Plaza Shopping de Niterói.

Surpreendente como ficou o Plaza Shopping Niterói, agora com vista para a praia de gragoatá. A reforma colocou novos restaurantes do tipo gourmet e lojas mais sofisticadas com atendimento diferenciado. A nova expansão deixou-o bem mais amplo, com mais acessibilidade as lojas e aos corredores. Recomendo não só para os fins de semana, mas no dia a dia em geral. 

terça-feira, 15 de julho de 2014

Três anos de saudades: a Imortalização de uma Lenda.

Já passaram-se 3 anos desde o último filme do nosso bruxinho: Harry Potter e as relíquias da morte parte 2, no dia 15 de julho de 2011. Inicializando assim uma lenda. Escrito pela genial J. K. Rowling, que há alguns dias nos presenteou com um trecho da vida de Harry, Gina, Hermione, Rony e seus amigos.
Confira:
ARMADA DE DUMBLEDORE SE REÚNE PARA A FINAL DA COPA MUNDIAL DE QUADRIBOL

Pela correspondente de fofoca do Profeta Diário, Rita Skeeter


Há celebridades – e depois há celebridades. Temos visto muitos rostos famosos enfeitarem as arquibancadas aqui no Deserto da Patagônia – Ministros e Presidentes, Celestina Warbeck, uma controversa banda bruxa de americanos chamada The Bent-Winged Snitches – todos tem causado rajadas e agitação, com os membros da multidão lutando por autógrafos e até lançando feitiços de pontes para alcançar os camarotes acima das cabeças da multidão.


Mas quando a notícia varreu pelo acampamento e estádio que um certo grupo de bruxos infames (não mais adolescentes com caras frescas que estavam em seu auge, mas, no entanto, reconhecíveis) a emoção foi além de qualquer coisa já vista. Enquanto a multidão corria, tendas foram destruídas e crianças pequenas foram achatadas. Fãs de todos os cantos do mundo invadiram a área onde havia rumores que a Armada de Dumbledore tinha sido vista, desesperados, acima de tudo, para ter um vislumbre do homem que ainda chamam de O Eleito.


Foram dados à família Potter e ao resto da armada um alojamento na seção VIP do campo, que é protegida por pesados feitiços e bruxos de segurança. A presença deles tem mantido enormes multidões ao redor da área isolada, tudo na expectativa de um vislumbre dos seus heróis. As 15hs de hoje eles conseguiram o que queriam, quando, acompanhados por gritos, Potter levou seus filhos James e Albus para visitar o lugar dos jogadores, onde foram apresentados ao búlgaro Victor Krum.


Prestes a completar 34 anos, existe um par de fios brancos na cabeça do Auror, mas ele continua a usar os distintivos óculos redondos que alguns podem dizer que são mais adequadas para um garoto deficiente de 12 anos de idade. A famosa cicatriz de raio tem companhia: Potter tem um corte feio sob sua bochecha direita. Os pedidos de informações sobre a proveniência deste produziram a resposta habitual do Ministério da Magia: “Nós não comentamos sobre o último trabalho secreto do Departamento dos Aurores, como já lhe disse nada menos que 514 vezes, Srta. Skeeter”. Então o que eles estão escondendo? Seria o Eleito envolvido em mistérios frescos que um dia explodirão acima de nós, nos afundando em uma nova era de terror e caos?


Ou será que sua lesão teve uma origem mais humilde, que Potter está desesperado para esconder? Teria sua esposa, talvez, o amaldiçoado? Estão começando a aparecer quebras na união que os Potter fazem parecer tão feliz? Devemos interpretar alguma coisa do fato que sua esposa Ginevra estava perfeitamente feliz em deixar o esposo e os filhos para trás em Londres para a cobertura do torneio? O júri está fora do fato dela ter ou não talento e experiência para ser enviada a Copa Mundial de Quadribol (o júri está de volta – não!), mas vamos enfrenta-lo, quando seu sobrenome é Potter, portas abertas, os organismos desportivos internacionais se curvam, e os editores do Profeta Diário dão suas atribuições.


Como seus fãs devotos e seguidores vão se lembrar, Potter e Krum disputaram entre si no controverso Torneio Tribuxo, mas, aparentemente, não há ressentimentos, já que eles abraçaram após a reunião (o que realmente aconteceu naquele labirinto? Especulações são reprimidas pelo calor da saudação). Depois de meia hora de bate-papo, Potter e seus filhos voltaram para o acampamento onde eles socializaram com a Armada de Dumbledore.

domingo, 6 de julho de 2014

Livro Reconhecimento de Padrões de William Gibson - Aleph.

Cayce Pollard é uma coolhunter. Suas habilidades como caçadora de tendências, aliadas a um quê de profetisa e a uma inusitada alergia a marcas registradas, faz dela uma profissional disputada por corporações do mundo inteiro. Chamada a Londres para uma nova oportunidade de trabalho, Cayce recebe uma proposta ambiciosa e obscura: descobrir quem está por trás da criação e disseminação do “filme”, uma coleção de fragmentos de vídeo postados anonimamente na web e que atraem milhares de seguidores, inclusive ela mesma. Pivô de um jogo perigoso, Cayce correrá todos os riscos para atingir seu objetivo, lançando-se numa busca frenética que envolve sabotadores industriais, hackers de primeira linha, chefes da máfia russa, fanboys da internet e espiões aposentados. Reconhecimento de Padrões é um retrato brilhante da cultura de consumo e de esoterismo pós-moderno. Com ele, William Gibson abre a Trilogia Blue Ant, um mosaico do século 21 que se desdobra nos livros Território Fantasma e História Zero.

Livro Cultura da Convergência de Henry Jenkins - Aleph.

Henry Jenkins investiga o alvoroço em torno das novas mídias e expõe as importantes transformações culturais que ocorrem à medida que esses meios convergem. A cultura da convergência é um fenômeno que está revolucionando o modo de se encarar a produção de conteúdo em todo o mundo. Todos os modelos de negócios a ela relacionados estão sendo revistos. Ele nos introduz aos fãs de Harry Potter, que estão escrevendo suas próprias histórias, enquanto os executivos se debatem para controlar a franquia. Ele nos mostra como o fenômeno Matrix levou a narrativa a novos patamares, criando um universo que junta partes da história entre filmes, quadrinhos, games, websites e animações. Essa nova edição está ampliada e atualizada, trazendo também um capítulo inédito sobre o YouTube.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Comentando sobre o filme Filho de Caim.

Nico é um jovem problemático em conflito com o pai. Eles mal se falam. Quando acontece um incidente, envolvendo o cachorro da família, seus pais decidem buscar apoio de um psicólogo para fazer terapia com o adolescente.

Ao descobrir sua aptidão para o xadrez, o profissional leva o jovem para a escola de um velho conhecido. Com o desenrolar da trama, descobrimos os segredos que levaram a introversão profunda do garoto.

Neste sombrio drama psicológico, a metáfora do jogo de xadrez cai muito bem. Filho de Caim, é um filme sobre estratégia e o que um jogador faz para atingir a sua meta. Aqui, tudo leva a acreditar que estamos seguindo uma linha de pensamento e, próximo do desfecho, a trama anuncia o "xeque-mate". 
De origem espanhola, o filme inverte expectativas e oferece duas possibilidades, ambas soturnas. Quem é o verdadeiro antagonista da história? Ao jogar pistas falsas, O Filho de Caim se mostra eficiente na arte de ludibriar. Um filme que desafia seu raciocínio.




Post que poderá gostar: comentando sobre os filmes "o jogo da imitação" e "a teoria de tudo"

domingo, 8 de junho de 2014

Livro Guerras Sujas - O Mundo é Um Campo De Batalha - Jeremy Scahill.

Nesta história pouco convencional da Guerra ao Terror, o jornalista Jeremy Scahill busca o novo paradigma da política externa norte-americana: a luta longe dos campos de batalha declarados, por unidades que oficialmente não existem, em milhares de operações para as quais não há dados oficiais. Conduzindo o leitor por uma viagem vertiginosa do Afeganistão ao Paquistão, de Washington ao Iêmen e à Somália, do Reino Unido ao Iraque, na tentativa de entrevistar agentes secretos, mercenários, líderes de organizações terroristas e parentes de vítimas, Scahill revela vidas por trás das sombras e uma nova visão da guerra contemporânea a partir de histórias que um olhar desatento julgaria desconexas. Entrelaçando relatos que abrangem desde os primeiros dias do governo Bush até o segundo mandato de Obama, o autor nos apresenta os homens que comandam as operações mais secretas das forças armadas americanas e da CIA, histórias de participantes que passaram a vida incógnitos, alguns dos quais contribuíram com o livro sob a condição de não ter sua identidade revelada. O mundo sabe que a Equipe 6 dos Sea, Air, Land Teams (SEALS) e o Comando Conjunto de Operações Especiais (Joint Special Operations Command, JSOC) foram as unidades que mataram Osama bin Laden. Este livro revelará missões até agora desconhecidas dessas mesmas forças, que nunca serão discutidas por políticos norte- -americanos nem imortalizadas em filmes de Hollywood.

Autor
Jornalista de rádio e televisão e documentarista, é colaborador regular para a revista The Nation e já atuou em coberturas internacionais no Iraque, nos Bálcãs e na Nigéria. Blackwater (2008), publicado pela Companhia das Letras, foi ganhador do renomado prêmio jornalístico George Polk de 2007. Scahill vive em Nova York.

Livro Vírus da Mente de Richard Brodie.

Não há quem não seja infectado. Cada um tem suas preferências e desejos pessoais, seu modo particular de trabalhar e viver. São esses os vírus da mente: são esses os "memes". E todos nós os temos e os passamos adiante.
Considerado em si mesmo, esse fato é positivo. Nossa capacidade de aprender e difundir ideias de outras pessoas, assim como os vírus, pode conciliar diferenças de modo extraordinariamente sutil. Contudo, o poder dos vírus da mente também pode ser manipulado - e está sendo manipu­lado - por outro poder: a mídia. As agências de publicidade, os governos e as multinacionais sabem muito bem como um simples fragmento de ideia pode adquirir vida própria e contagiar a todos.
Graças a seu entendimento profundo do que são os memes e sua influência, Richard Brodie vai lhe mostrar como tudo na sua vida é controlado por memes. Mas você também ficará sabendo que pode assumir o controle da sua própria mente. Depois de ler este livro, você saberá:
·       o que são os memes, e como eles o influenciam
·       como propagar seus próprios memes
·       como reprogramar a si mesmo e as outras pessoas
Neste livro você encontrará todos os conhecimentos necessários para fazer mudanças fundamentais na sua vida, por meio da simples conscientização da existência dos vírus mentais. Com quais desses vírus você prefere ser infectado? 
Atenção: Este livro contém um vírus mental. Se você não quer ser infectado, interrompa já leitura. A infecção pode influenciar seu pensamento de várias maneiras, algumas delas sutis, outras nem tanto, ou mesmo virar pelo avesso toda sua visão de mundo. 
Crítica do Folha

domingo, 25 de maio de 2014

O Guia do Mochileiro das Galáxias - Não entre em pânico - Vol. 1 - Douglas Adams.

Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse.
Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.
Biografia do autor
Douglas Noël Adams (1952-2001) foi um escritor e comediante britânico, famoso por ter escrito esquetes para a série televisiva Monty Python's Flying Circus, pela série de rádio, jogos e os livros da série O Guia do Mochileiro das Galáxias. Adams sempre foi descrito como um ativista ambiental, um assumido ateísta e amante de automóveis, câmeras, computadores, entre outros. O biólogo Richard Dawkins dedicou-lhe seu livro The God Delusion e nele descreve como Adams compreendeu a teoria da evolução e, tornou-se um ateísta. Adams era um entusiasta de novas tecnologias, tendo escrito sobre email e usenet antes de tornarem-se conhecidos. Até o fim de sua vida, Adams foi um requisitado professor.
 
Este post é em homenagem ao dia internacional dos geeks (nerds) 25/05.

 

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Livro O Cavaleiro Dos Sete Reinos - Geoge R. R. Martin.

Duzentos anos após a Conquista, a dinastia Targaryen vive seu auge. Os Sete Reinos de Westeros atravessam um tempo de relativa paz, nos últimos anos do reinado do Bom Rei Daeron.

É neste cenário que Dunk, um menino pobre da Baixada das Pulgas, tem uma chance única: deixar a vida miserável em Porto Real para se tornar escudeiro de um cavaleiro andante.
Quando adulto, o cavaleiro morre e Dunk decide tomar seu lugar e fazer fama no torneio de Campina de Vaufreixo.

É quando conhece Egg, um menino de dez anos, cabeça totalmente raspada, que é muito mais do que aparenta ser. Dunk aceita Egg como seu escudeiro e, juntos, viajam por Westeros em busca de trabalho e aventuras. Uma grande amizade nasce entre eles – uma amizade pela vida toda, mesmo quando, anos mais tarde, os dois personagens assumem papéis centrais na estrutura de poder dos Sete Reinos.

As aventuras de Dunk e Egg trazem para os fãs de As Crônicas de Gelo e Fogo a oportunidade única de vivenciar outro momento da história de Westeros, de conhecer e analisar fatos que teriam desdobramentos noventa anos depois, na guerra dos tronos.

Livro Deixe A Neve Cair - John Green, Mauren Johnson, Lauren Myracle.

Na noite de Natal, uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos. Em “Deixe a Neve Cair”, bem sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera.
Mais um livro brilhante de John Green com Lauren Myracle (formaturas infernais).

Crítica

A princípio parece que estamos lendo contos separados, escritos por autores diferentes, com estilos diferentes e apenas o tema em comum, mas Deixe a Neve Cair nos surpreende de forma bela quando liga todos eles através de pequenos detalhes e personagens. As tramas, vistas de forma individual, são ótimas, mas ao terminar o livro a sua maior vontade é reler tudo para notar os encontros entre os três contos. O último, que une os personagens de todos eles juntos, é o que melhor apresenta a ligação, tornando tudo uma única grande história, mas nem por desvalorizando as partes isoladas. Cada conto funciona bem sem essas ligações.
Vivemos tempos de descrença. A geração de jovens atuais passa por uma fase complicada, dúvidas, preconceitos e barreiras afundam inúmeros em depressões. E não é diferente com os personagens presentes no livro. Ao terminar de lê-lo a sensação de felicidade ao se relacionar com tudo é indescritível, e, quem sabe, ele não faz a gente voltar a acreditar nos milagres de natal?